Distrito Federal

PCDF deflagra Operação Hemera e desarticula grupo de golpistas

Publicado

em

Nesta sexta-feira (13), a PCDF, através da 38ª DP e com o apoio do DEIC/PCGO, deflagrou a Operação *Hemera para cumprir quatro mandados de prisão e três de busca e apreensão nas cidades de Goiânia e Goainira e Aparecida de Goiânia/GO.

A operação é resultado de uma investigação iniciada há quatro meses, visando apurar a identidade dos autores responsáveis por aplicar, em janeiro deste ano, o golpe do whatsapp em um idoso, de 60 anos.

Na ocasião, a vítima recebeu, via aplicativo whatsapp, mensagens de texto de um desconhecido, o qual, se passando por seu filho e dizendo estar precisando de ajuda financeira, induziu-lhe ao erro, persuadindo-a a fazer três transferências bancárias, via pix, para contas de diferentes titularidades, causando-lhe o prejuízo total de R$ 14,9 mil novecentos e setenta e três reais.

Durante a investigação, fora apurado que duas das transferências realizadas foram efetuadas para a conta de uma mulher, residente em Goiânia/GO; e a outra fora efetuada para um homem, morador de Aparecida de Goiânia.

Prosseguindo na apuração, os policiais da 38ª DP apuraram que o homem beneficiado com uma das transferências bancárias fora cooptado no esquema criminoso por seu próprio irmão, o qual teria lhe apresentado um esquema no qual emprestassem as próprias contas bancárias para receber, em troca, 5% a 10%, de toda transação que fosse recebida.

Os irmãos informaram, ainda, que após receberem os valores transferidos, deveriam repassá-las para a conta bancária de um homem, morador da cidade de Goianira/GO.

As investigações apontaram que, entre o dia 16 de janeiro e 25 de fevereiro deste ano, foram utilizados 154 chips telefônicos, de diferentes operadoras, para enganar o idoso e outras vítimas, chips esses que estavam vinculados a diversos prefixos. Entre as sete linhas telefônicas, com prefixo do DF, três delas estavam habilitadas em nome do Ministério Público da União (MPU) e vinculado ao Ministério Público do Distrito Federal (MPDF). Das sete linhas identificadas, duas delas foram utilizadas na prática de dois crimes de estelionato ocorridos em janeiro e uma para enganar a vítima a transferir cerca de R$ 15 mil para contas de integrantes do grupo criminoso.

READ  Operação em conjunto com PRF flagra 37 presos dirigindo alcoolizados em Anápolis

A ação policial desencadeada nesta manhã teve como objetivo o cumprimento de mandado de busca e apreensão e de prisão temporária expedidos contra a mulher e o homem beneficiados com as transferências ilícitas, bem como contra o irmão dele e do homem responsável por cooptar a ambos”, destaca o delegado-chefe da 38ª DP, João Ataliba Neto.

Cumpridas as formalidades legais, os envolvidos foram recolhidos à carceragem da PCGO, onde permanecem à disposição da Justiça.

*Hemera é uma deusa grega, sendo considerada deusa da persuasão e da mentira, que através da astúcia pode manipular com certa facilidade tanto mortais quanto os demais deuses.

Assessoria de Comunicação/DGPC

Nossa missão é investigar

 

 

 

 

 

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA