Paraíba

Polícia Civil prende foragido que cometeu assassinato em 1998 no município de Ingá

Publicado

em


“A Polícia Civil não esquece o crime”. A frase comumente usada se encaixa perfeitamente em mais uma prisão realizada nessa quinta-feira, 02 de dezembro, por policiais da Delegacia de Ingá. Após 23 anos foragido, o investigado foi preso e apresentado à justiça.

O crime aconteceu no dia 31 de outubro de 1998, no sítio Gentil, zona rural de Ingá (PB), tendo como vítima a pessoa de José Bento da Silva, conhecido como “Zé Novo”. Um mês depois, o juiz à época decretou a prisão preventiva do suspeito, que fugiu do local e nunca mais foi encontrado.

Na tarde de ontem, após meses de investigação em torno de informações que surgiram sobre seu possível paradeiro, a equipe formada pelo delegado Valdélio Lobo, o chefe de Investigação Jocean e o agente Jean foram até o bairro de Jacarapé, em João Pessoa, capturar o homem apontado como autor do delito.

Vinte e três anos velho e absolutamente surpreso com a prisão, o investigado está recolhido na cadeia pública de Ingá, à disposição do Poder Judiciário.

“Para termos uma ideia dessa situação específica, a Polícia Civil da Paraíba tem apenas 40 anos de existência. Ou seja, quando esse crime aconteceu, a nossa PC tinha apenas 17 anos. De lá para cá, muita coisa mudou; a polícia evoluiu; realizou concurso; foi paulatinamente aparelhada. E não esqueceu o crime. Essa prisão é uma prova cabal de que, cedo ou tarde, a justiça será feita”, disse o delegado seccional Danilo Orengo.

 

Assessoria de Comunicação. Polícia Civil da Paraíba

Fonte: PC PB

Comentários do Facebook
READ  Polícia Civil prende casal em uma moto que praticou assalto contra adolescente no meio da rua, em João Pessoa
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA