Goiás

Polícia Civil prende mais três pessoas em flagrante pelo golpe do novo número; idosa do DF perdeu R$ 50 mil com a fraude

Publicados

em


A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), após compartilhamento de informações com a Polícia Civil do Distrito Federal, realizou a prisão em flagrante na sexta-feira (08) de três pessoas pela participação, em tese, no golpe conhecido como “Golpe do Novo Número”. Este golpe, que tem se alastrado pelo país, tem como engenharia social o induzimento da vítima a acreditar que está falando com algum familiar ou conhecido que alega ter trocado o número de telefone e, após breve troca de mensagens, pede dinheiro emprestado, o fazendo reiteradas vezes até que a vítima perceba que quem está falando é um golpista utilizando o que pode se chamar de “conta espelho”.

O que a Polícia Civil tem percebido é que o mentor deste golpe, visando dificultar sua identificação e a recuperação dos valores, tem se valido de partícipes do crime, os quais aceitam auxiliar na prática criminosa agenciando terceiros e emprestando ou vendendo contas bancárias para o recebimento dos valores produto do crime.

No caso de agora, foram presos um homem e uma mulher, titulares de contas bancárias beneficiárias por três transferências bancárias cujo somatório do prejuízo foi de aproximadamente R$ 50 mil, produto do crime, além do agenciador das contas bancárias. Os presos têm 26, 31 e 32 anos. Eles foram presos nos bairros Parque Oeste Industrial e Bairro Goiá. A vítima do DF tem 69 anos. Outros partícipes já foram identificados e a Polícia Civil trabalha para prender o mentor intelectual do crime que, ao que tudo indica, compõe uma organização criminosa especializada na prática deste golpe.

READ  Polícia Civil prende homem que aplicou golpe em idoso de 71 anos

Os autuados foram recolhidos na Central Geral de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão (CGFPAC) e, comunicada sua prisão, passaram à disposição da Justiça.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA