Goiás

Polícia Civil recebe Colégio de Secretários de Segurança Pública; evento na ESPC tratou do combate aos crimes rurais

Publicado

em


O governo do Estado de Goiás sedia, nessa quinta e sexta-feiras (dias 11 e 12 de agosto), a reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública. Entre os presentes estão os secretários de segurança dos Estados da Federação, entre os quais o titular da SSP-GO, Rodney Miranda; o governador de Goiás, Ronaldo Caiado; o presidente do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, Cristiano Sampaio, entre outras autoridades. Nesta sexta-feira, o tema discutido foi a segurança no campo. No final da manhã, os secretários fizeram uma visita às instalações da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC), onde foram recebidos pelo Delegado-Geral da Polícia Civil de Goiás, Alexandre Lourenço, e o diretor da ESPC, delegado Daniel Adorni.

A ideia é compartilhar com as Secretarias de Segurança Pública dos demais Estados o modelo de combate à criminalidade no campo adotado em Goiás, hoje referência nesta área, por meio de ações integradas de monitoramento e inteligência realizadas pelas Polícias Militar e Civil, do policiamento rural ostensivo, entre outras estratégias.

Durante sua apresentação, o Delegado-Geral da Polícia Civil, Alexandre Lourenço, explanou aos Secretários de Segurança a criação da Rede de Combate ao Crime Rural. A rede foi criada por meio da Portaria nº 465/2021 e assinada pelo Delegado-Geral nesta quinta-feira (13). A rede constitui uma atuação coordenada de unidades da Polícia Civil, em parceria com órgãos e instituições privadas ligadas à atividade rural (Faeg, Senar, Ministério da Agricultura, entre outros), visando à consolidação de informações e fixação de estratégias e ações de combate ao crime rural. Além disso, a referida portaria também estabeleceu nas Delegacias Regionais de Polícia o Ponto Focal Rural, qual seja, equipe designada para se articular com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR) visando ao compartilhamento de informações e à atuação colaborativa nas investigações e nas operações destinadas à repressão dos crimes rurais.

READ  Polícia Civil participa de operação para identificar receptadores de materiais roubados de concessionárias de serviço público

Presente na apresentação, a delegada titular da Crimes Rurais, Rafaela Azzi, explicou que o Ponto Focal Rural terá atribuição de registro dos crimes ocorridos na zona rural de cada região respectiva e seu imediato compartilhamento com a DERCR, para avaliação da repercussão do fato, da coincidência de modus operandi de fatos ocorridos em outras circunscrições territoriais, dentre outros aspectos, visando à atuação colaborativa e uniforme no combate a essa modalidade delitiva. Nos fatos de maior repercussão, a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais instaurará o procedimento investigativo adequado e contará com a atuação colaborativa do Ponto Focal para o cumprimento de diligências e atividades de investigação.

Os policiais civis selecionados para trabalhar com o Ponto Focal Rural já passaram por capacitação técnico-jurídica específica, ministrada pela Escola Superior da Polícia Civil (ESPC) com apoio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais. O curso foi concluído nesta semana e os policiais receberam os certificados.

Destaque na gestão estadual, a atuação da Polícia Civil Goiana, em conjunto com a Polícia Militar, resultou na redução de 37% nas ocorrências no campo neste primeiro semestre, na comparação com igual período de 2020. Para alcançar os índices prósperos, a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR) foi equipada para atuar em 100% do território goiano e já realizou cinco operações criminais no primeiro semestre de 2021. Foram 13 prisões, cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão, além da recuperação de 94 cabeças de gado e duas máquinas agrícolas, provenientes de crimes de furto e roubo na zona rural.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA