Geral

Relembre todas as vezes que Bolsonaro desmentiu que estava com Covid-19

Publicados

em


source
Presidente realizou o exame após sentir sintomas da doença
Reprodução/Instagram

Presidente realizou o exame após sentir sintomas da doença

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) informou nesta terça-feira (7) que seu exame para detectar se está com a Covid-19 deu positivo. Ele realizou o teste nesta segunda após  apresentar febre de 38 graus e mal-estar.

Segundo o presidente, ele vai continuar despachando por videoconferência. Os compromissos externos que estavam agendados para esta semana serão cancelados para evitar o “contágio em terceiros”.


Este foi o quarto exame de Bolsonaro para a Covid-19. Os outros testes haviam sido feitos em março, logo depois do retorno do presidente e sua comitiva dos Estados Unidos.

Desde o início da pandemia, em março, o presidente esteve envolvido em uma série de polêmicas ao negar algumas vezes que estava com a doença.

No dia 13 de março, Bolsonaro desmentiu a notícia de que estava com a Covid-19, após a rede de televisão americana Fox News informar que o presidente havia testado positivo para a doença, citando o deputado Eduardo Bolsonaro como fonte. Na época, Bolsonaro não divulgou cópia dos dois exames clínicos que realizou.

Ele fez dois testes, um no dia 12 de março e outro no dia 17 de março. Nas redes sociais, Bolsonaro informou que ambos deram negativo, mas não mostrou documento formal das análises.

Em abril, ao ser questionado sobre a divulgação do seu exame para o novo coronavírus, Bolsonaro negou novamente que estava infectado com o vírus, mas que não divulgaria os exames. 

“Está na lei que se eu estiver acometido de uma doença grave, isso pertence a minha intimidade. Eu não tenho que mostrar para ninguém que estou com isso. Eu já falei que não estou com coronavírus, eu já fiz dois exames por livre e espontânea vontade. Isso pertence a minha intimidade. Mas mandei recorrer porque eu tenho este direito, assim como qualquer cidadão. Se, no final da linha, a Justiça determinar, eu vou divulgar”, justificou. 

READ  Aneel suspende por 90 dias cortes no fornecimento de energia elétrica

Depois de questionar sucessivas vezes o Palácio do Planalto e o próprio presidente sobre a divulgação do resultado do exame, o jornal Estadão entrou com ação na Justiça na qual aponta “cerceamento à população do acesso à informação de interesse público”, que culmina na “censura à plena liberdade de informação jornalística”.

A Presidência da República se recusou a fornecer os dados via Lei de Acesso à Informação, argumentando que elas “dizem respeito à intimidade, vida privada, honra e imagem das pessoas, protegidas com restrição de acesso”.

Os exames só foram abertos ao público no dia 13 de maio, após uma decisão do Supremo Tribunal Federal. Antes, o presidente já tinha anunciado os resultados negativos em redes sociais, mas se recusava a mostrar os laudos.

Os três exames usaram o método PCR, considerado mais eficaz porque rastreia o material genético do coronavírus.

Segundo ofícios anexados pela AGU  no Supremo, foram utilizados nos laudos nomes de terceiros para preservação da imagem e privacidade do presidente da República e por questões de segurança. 

Relembre:

Primeiro exame entregue ao Supremo Tribunal Federal%2C em processo sobre testagem de Jair Bolsonaro
Foto: STF/Reprodução

Primeiro exame entregue ao Supremo Tribunal Federal, em processo sobre testagem de Jair Bolsonaro


Data: 12 de março
Nome: Airton Guedes
Método: RT-PCR Tempo Real
Resultado: negativo
Processamento: laboratório privado

Segundo exame entregue ao Supremo Tribunal Federal%2C em processo sobre testagem de Jair Bolsonaro
Foto: STF/Reprodução

Segundo exame entregue ao Supremo Tribunal Federal, em processo sobre testagem de Jair Bolsonaro

Data: 17 de março
Nome: Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz
Método: RT-PCR Tempo Real
Resultado: negativo
Processamento: laboratório privado

Terceiro exame
Foto: STF/Reprodução

Terceiro exame entregue ao Supremo Tribunal Federal, em processo sobre testagem de Jair Bolsonaro

Data: 18 de março
Nome: Paciente 05
Método: RT-PCR Tempo Real
Resultado: negativo
Processamento: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

READ  Marconi anuncia para este ano conclusão da reforma de todas as escolas estaduais

Comentários do Facebook
Continue lendo

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA