Goiás

Operação em Piracanjuba prende mãe que consentiu com estupro de filha

Publicado

em

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Piracanjuba, cumpriu, no dia 21 de junho, mandado de prisão preventiva em face de uma mulher de 40 anos, investigada pelo crime de estupro de vulnerável. A ação oi batizada de Operação Acalento.

Durante as investigações, restou comprovado que a mulher, de forma livre e consciente, permitia que seu companheiro, de 40 anos de idade, violentasse sexualmente sua própria filha, de apenas 9 anos. De acordo com as investigações, a menor era constantemente forçada a manter relações com o indivíduo.

Ao tomar conhecimento dos fatos, ocorridos em 2015, a Polícia Civil instaurou investigação, reuniu provas e prendeu o autor. A mãe da criança, porém, fugiu e permaneceu foragida até ser localizada e presa nesta oportunidade.

A partir deste momento, a mãe e o padrasto, ambos autores do crime, permanecerão presos aguardando o julgamento. A pena para o crime de estupro de vulnerável pode atingir até 15 anos de prisão.

Comentários do Facebook
READ  Operação Don Juan prende suspeitos de atrair vítimas em sites de encontros para depois roubá-las
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA