Goiás

Polícia Civil prende suspeito de matar profissional do sexo em Anápolis

Publicado

em


A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, deu cumprimento, na manhã de hoje (11), a um mandado de prisão preventiva de um jovem de 20 anos. Ele é apontado como o autor do homicídio praticado contra a profissional do sexo Joana. Souza, 37 anos, fato ocorrido na manhã de 13 de dezembro de 2021, na Rua Brasiliense, Setor Calixtolândia, localidade conhecida como “pistão”, em Anápolis.

Conforme apurado, o autor passou a noite no local comemorando seu aniversário, acompanhado de amigos e de um irmão. Ao amanhecer, os jovens tiveram uma desavença com um grupo de travestis, que resultou numa briga generalizada. Em meio à confusão, o irmão do autor foi ferido no pescoço e levado ao hospital.

Bastante embriagado e revoltado com o acontecido, o autor foi até sua residência, se apoderou de uma arma, retornou à casa de festas e invadiu o local rendendo uma funcionária. No afã de encontrar quem havia ferido seu irmão, ele se deparou com Joana, atingindo-a no peito com um tiro fatal. Câmeras de vigilância flagraram a confusão e a ação do suspeito, sendo que a moça baleada nada tinha a ver com a briga anterior. Durante o interrogatório, o jovem confessou a prática do crime e agora se encontra recolhido no presídio local, à disposição da Justiça.

Comentários do Facebook
READ  Operação Katáthesi prende traficante que possuía residência de luxo
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NORTE

NORDESTE

CENTRO-OESTE

SUDESTE

SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA